Para qualquer meio de transporte que escolher, é preciso se atentar a segurança. Nos carros, caminhões e ônibus, o cinto de segurança desempenha um papel importante.

Já com outros meios de transporte mais expostos como bicicletas e motos, deve-se adotar algumas medidas mais rígidas. Os equipamentos essenciais são facilmente vistos na rua, como capacete, luvas e joelheiras. Para os veículos em si, sempre certifique que haja faróis e luzes, seja andando de dia ou à noite, buzina e retrovisores.

Ciclista com capacete pedalando com segurança.

Entretanto, apenas isso não garante a prevenção de acidentes, para isso o máximo de cuidado é requisitado para poder transitar pelas ruas. Acompanhe os principais pontos abaixo:

Fique alerta, as sinalizações das vias são pensadas para garantir sua segurança no trânsito. Placas, semáforos e marcações na pista apontam as ações que os pilotos devem fazer para evitar acidentes. Atitudes simples e que fazem toda diferença, como parar, respeitar o limite de velocidade, não ultrapassar, dar preferência, seguir em frente etc.

Saiba melhor sobre isso neste conteúdo da Hyundai, clicando aqui.

Afinal, tudo isso previne machucados e lesões em casos de acidentes, sendo essencial para qualquer passeio, principalmente quando há um grande movimento de veículos.

Apesar disso, é importante se atentar ao percurso escolhido, o caminho mais seguro é aquele que possui ciclovias bem sinalizadas e amplas. Para todas as pessoas que optam por outros meios de transporte também possam se locomover com tranquilidade.

Veja os principais sinais de trânsito:


Semáforo – Também conhecido por sinaleiro, ou apenas farol, tem uma das funções mais importantes no trânsito para garantir que não ocorram acidentes por colisão. Formado por três círculos nas cores vermelho de PARE, amarelo de ATENÇÃO e verde para SIGA. 🚦

Por isso, sempre procure por um em um cruzamento e fique de olho nas cores, siga apenas quando “abrir” a passagem seja para os veículos como existem os sinais para pedestre também, nas cores vermelho e verde, indicando quando atravessar.

Placas – Sinais que indicam quando deve parar, onde pode virar e até para indicar pontos turísticos. São diversas sinalizações de cores, e formatos diferentes. Busque conhecer algumas, durante o seu trajeto devem existir as que ne sabia o significado.

Sinalização horizontal – As sinalizações horizontais utilizam linhas, marcações, símbolos e legendas desenhados sobre as ruas. O principal objetivo é organizar o bom fluxo do trânsito e complementar as sinalizações verticais. Podem ser linhas ao longo das ruas demarcando lados opostos de circulação, área de estacionamento ou travessia de pedestres.


Ciclista de capacete parada em cima de uma bicicleta.

Por último, mas não menos importante, recomendamos para sua segurança que leia os manuais dos seus produtos. Você os encontra na página do suporte.

E aí, que tal pensar sobre isso em seus próximos passeios?
Manda pra aquele familiar que tá sempre ralado.

Postagens Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *