Você está pensando em “desaposentar” o seu skate? Pois saiba que tem muita gente pensando como você e tem muito skatista iniciando no esporte neste momento. A verdade é que o skate vive novo boom durante a pandemia, e com algumas razões importantes para que isso aconteça.

Esse crescimento de novos adeptos ao skate vem sendo observado no Reino Unido, Espanha e nos Estados unidos e aqui no Brasil caminhamos neste mesmo rumo.

Visibilidade olímpica

Os esportes são perenes, mas em determinados momento acabam se destacando e se tornando o esporte “da vez”. Nestas oportunidades alguns esportes entram na vida de algumas pessoas e se tornam a escolha e o estilo de vida por muito tempo.

Quando o jogo Tony Hawk Pro Skater foi lançado, em meio aos anos 2000, o skate veio com força e arrebanhou muitos praticantes, não só no game, mas também na vida real. Parques e praças se encheram de novos praticantes.

Desta vez, as Olímpiadas de 2021 podem ser mencionadas como uma grande influência para o crescimento do número de skatistas.

Os 22 Skatistas Brasileiros nas Classificatórias das Olimpíadas de Tóquio 2021!

Isso acontece porque será a primeira vez que o esporte será incluído como uma modalidade dos Jogos Olímpicos. Nesta edição que deverá ser realizada em Tóquio, no Japão, teremos competidores masculinos e femininos competindo e garantindo a visibilidade do esporte.

O aumento das menções ao skate desperta a curiosidade de novos praticantes, e toca na memória dos antigos skatistas que por diversas razões tinha parado praticar e agora decidem retomar os seus rolês por aí.

Da marginalização a resposta para as restrições

Além do status de Esporte Olímpico ter colocado uma pedra de uma vez por todas sobre uma visão marginalizada do esporte, o fato de ser uma prática individual garantiu força para que o skate pudesse ser feito com segurança em tempos de distanciamento social.

Uma pesquisa realizada pelo Datafolha em 2019, encomendada pela CBSK (Confederação Brasileira de Skate) já apontava um universo de 8,7 milhões de praticantes no Brasil.

Agora, comerciantes, fabricantes e especialistas veem o skate ganhar mais espaço nas ruas, juntamente com os demais esportes de práticas individuais ao ar livre, uma vez que os esportes coletivos em função da pandemia de COVID-19 deixaram de ser uma opção.

A marca  Two Dogs, investiu na variedade de skates, swingboards e simuladores para suprir a demanda de quem adotou o esporte em sua vida e se dedica a fazer o skate perfeito para aproveitar seus momentos de lazer e liberdade.

Mais infraestrutura seria ainda melhor

Embora seja possível praticar skate em qualquer espaço urbano, como praças e parques, algumas cidades contam com pistas construídas para essa finalidade. Vale pensar no desenvolvimento de mais locais especializados neste esporte, em praças e parques, incentivando a prática do esporte e quem sabe, gerando oportunidade para que mais pessoas possam descobrir esse talento. Afinal, uma pista de skate é relativamente um espaço de lazer barato de ser construído.

Prática livre e segura

Se o skate vive um novo boom durante a pandemia, e você está pensando em praticar esse esporte, ou até mesmo usar como meio de transporte, é fundamental utilizar equipamentos de segurança individual. desde os mais jovens iniciantes até os mais experientes skatistas precisam garantir os acessórios de proteção para poder ser livre em cima das quatro rodas sem perder a segurança de vista.

Gostou desse conteúdo? Então descubra o universo da Two Dogs e fique por dentro de mais novidades!